top of page
  • Foto do escritorManuel Matos

Fase 3 do Open Insurance: O que muda para Corretores e Segurados?

Atualizado: 17 de jan.


Open Insurance


À medida que continuamos a explorar os desafios e oportunidades do setor de seguros em 2024, é importante entendermos corretamente a dinâmica do Open Insurance.


A conclusão da fase 2 do Open Insurance, prevista para abril de 2024, é um passo importante, permitindo o compartilhamento limitado de dados entre seguradoras, sempre com o consentimento dos titulares. Este compartilhamento de dados será ampliado na Fase 3 para melhorar a oferta de produtos e serviços personalizados, por meio dos Corretores de Seguros que atuarem como SPOC, beneficiando os consumidores com opções mais alinhadas às suas necessidades individuais e potencialmente mais acessíveis.


No entanto, é essencial corrigir um equívoco comum sobre a fase 3 do Open Insurance. Contrariamente ao que alguns podem acreditar, a fase 3, que se espera ser concluída em novembro de 2024, não introduzirá novos atores no mercado de seguros. Em vez disso, esta etapa irá consolidar e expandir o papel dos corretores de seguros, já estabelecidos e reconhecidos no Sistema Nacional de Seguros, conforme definido pelo decreto-lei 73/66 e pela Resolução CNSP 450/22.


Durante a fase 3, de acordo com a Resolução CNSP 450/22, os corretores de seguros poderão atuar como Sociedades Processadoras de Ordem do Cliente (SPOC), desempenhando um papel fundamental na mediação e no processamento das informações no ecossistema do Open Insurance. Esta etapa não é sobre a chegada de novos participantes, mas sim sobre instrumentalizar os corretores de seguros com ferramentas e capacidades digitais ampliadas para melhor servir seus clientes.


Para os corretores de seguros, a fase 3 representa uma oportunidade de se adaptar a um mercado cada vez mais digitalizado e dinâmico, onde a agilidade e a capacidade de oferecer soluções inovadoras serão um diferencial. Para os segurados, isso significa ter acesso a serviços mais eficientes e custo-efetivos, com um leque mais amplo de opções personalizadas.


A fase 3 do Open Insurance é uma evolução natural que reforça o papel vital dos corretores de seguros, alinhando-se com as normativas legais e regulamentares do mercado brasileiro. É uma etapa que promete otimizar ainda mais o setor de seguros, beneficiando todos os envolvidos.


A compreensão correta de cada fase do Open Insurance é essencial para atuar com sucesso neste mercado em transformação.


Este artigo visa esclarecer o entendimento sobre a fase 3 do Open Insurance, destacando o papel fundamental dos corretores de seguros e corrigindo eventuais entendimentos equivocados sobre a inclusão de novos atores no mercado.

26 visualizações0 comentário
bottom of page